Veneziano admite tirar licença do Senado para se dedicar à campanha

O senador Veneziano Vital do Rêgo (MDB) admitiu, nesta quinta-feira (03), a possibilidade de tirar licença do cargo, futuramente, para se dedicar a sua candidatura ao Governo do Estado. “Ainda não tomei essa decisão, mas é uma possibilidade”, disse em entrevista ao autor do blog na Arapuan FM.

Caso efetive a licença, que pode ocorrer nos meses de agosto ou setembro, quem assume o mandato é o suplente de senador, o empresário Ney Suassuna (Republicanos). De acordo com Veneziano, a licença ocorrerá se não houver possibilidade em conciliar o trabalho em Brasília com a pauta político-eleitoral.

Rompido com o governador João Azevêdo (PSB), Veneziano oficializou, na do dia 21 de fevereiro, a aliança com o Partido dos Trabalhadores (PT) para a disputa ao Governo do Estado. O ex-governador Ricardo Coutinho será o candidato petista ao Senado.

Agenda Política

Compartilhe

Você pode gostar...

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *