Romero afirma que ‘não existe decisão tomada’, mas admite tese de aliança com João Azevêdo; Ouça

O ex-prefeito Romero Rodrigues (PSD) informou, na noite desta terça-feira (26), que ‘não existe decisão tomada’ sobre a tese de recuo na candidatura ao Governo da Paraíba para uma eventual composição com o governador do Estado, João Azevêdo (Cidadania), mas confirmou que está refletindo sobre a possibilidade.

Em entrevista ao programa Ideia Livre, da TV Itararé, ele confirmou a existência de um diálogo com a base aliada para ouvir as impressões sobre a possível aliança com o governador, após aval do presidente nacional do PSD, Gilberto Kassab.

“Não existe nenhuma decisão tomada. Aproveito a oportunidade para esclarecer e dizer que nunca conversei com o governador João Azevêdo (Cidadania). Pessoas ligadas à política têm feito essa construção no sentido de construir um diálogo e tenho retornado a essa mensagem ao dizer que vou consultar os aliados. Mas tudo farei se for em favor de Campina Grande, se pudermos retribuir à cidade com ações concretas e a população receba o efeito positivo de uma eventual composição”, ressaltou.

Romero Rodrigues comparou a sua posição com a de um técnico de futebol e disse que, em certos momentos, é preciso recuar para alcançar novos objetivos.

Ele reforçou, também, que qualquer decisão será tomada levando em conta possíveis benefícios administrativos para a cidade de Campina Grande.

“Tem momentos na política que a gente tem que refletir. Ninguém sozinho chega a lugar nenhum, mas às vezes temos que fazer reflexão e por uma eventual necessidade propor alguma mudança de posição em favor do conjunto para vencer aquela partida”, acrescentou.

Ouça:

Agenda Política

Compartilhe

Você pode gostar...

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *