Ministério da Saúde envia 1,4 milhão de doses de vacina contra a gripe para a Paraíba

A Campanha será realizada em duas etapas / Foto: reprodução

O Ministério da Saúde destinou ao estado da Paraíba mais de 1,4 milhão de doses da vacina contra a Influenza, a gripe comum, no âmbito da 24ª Campanha Nacional de Vacinação contra a Influenza. Para todo o país, foram adquiridas mais de 80 milhões de doses do imunizante, que serão destinadas a um público-alvo estimado de 77,9 milhões de pessoas.

A Campanha será realizada em duas etapas. A primeira fase, entre os dias 04 de abril e 02 de maio, estará focada na imunização de quase 560 mil idosos com mais de 60 anos, na Paraíba, além de cerca de 110 mil trabalhadores da saúde.

Na segunda fase, entre 03 de maio e 03 de junho, a campanha vai atender mais de 255 mil crianças com idade entre 6 meses e menores de 5 anos de idade (4 anos, 11 meses e 29 dias). Gestantes e puérperas, povos indígenas, professores da rede ensino pública e privada, pessoas com comorbidades e outros públicos também devem se vacinar na segunda etapa.

O objetivo é prevenir o surgimento de complicações decorrentes da doença, óbitos e possível pressão sobre o sistema de saúde. A vacinação contra a gripe é uma estratégia do Governo Federal para minimizar a carga do vírus e reduzir os sintomas.

O dia D, de mobilização nacional, está marcado para 30 de abril.

Trivalente

A vacina Influenza trivalente, contra a gripe, utilizada pelo Sistema Único de Saúde (SUS) é produzida pelo Instituto Butantan. A formulação é atualizada anualmente para que a dose seja efetiva na proteção contra as cepas do vírus que mais circularam em 2021. A vacina será eficaz contra as cepas H1N1, H3N2 e tipo B.

O público infantil e profissionais de saúde também poderão tomar a vacina contra sarampo. Não há necessidade de intervalo para a aplicação das duas vacinas.

Confira quando cada etapa será realizada e quais públicos serão atendidos nos mais de 50 mil pontos de vacinação espalhados por todo o Brasil.

1ª etapa – de 04/04 a 30/04

• idosos com 60 anos ou mais (influenza)
• trabalhadores da saúde; (influenza e sarampo)

2ª etapa – de 02/05 a 03/06

• Crianças de 6 meses a menores de 5 anos de idade (4 anos, 11 meses e 29 dias) – (influenza e sarampo)
• Gestantes
• Puérperas;
• Povos indígenas;
• Professores;
• Comorbidades;
• Pessoas com deficiência permanente;
• Forças de segurança e salvamento;
• Forças Armadas;
• Caminhoneiros
• Trabalhadores de transporte coletivo rodoviário de passageiros urbano e de longo curso;
• Trabalhadores portuários;
• Funcionários do sistema prisional;
• População privada de liberdade e adolescentes e jovens de 12 a 21 anos de idade sob medidas socioeducativas.

Vacinação de crianças

No caso das crianças de 6 meses a menores de 5 anos que já receberam ao menos uma dose da vacina Influenza ao longo da vida em anos anteriores, deve se considerar o esquema vacinal com apenas uma dose em 2022. Já para as crianças que serão vacinadas pela primeira vez, a orientação é agendar a segunda dose da vacina contra gripe para 30 dias após a primeira dose.

No caso do sarampo, a vacina deve ser aplicada indiscriminadamente independentemente da situação vacinal da criança.

Agenda Política

Compartilhe

Você pode gostar...

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *