Bruno defende ‘respeito institucional’ mas descarta aliança política com Azevêdo; Ouça

O prefeito Bruno Cunha Lima (PSD) descartou, nesta sexta-feira (30), a intenção de formar uma aliança política com o governador João Azevêdo (Cidadania), embora tenha defendido harmonia nas relações institucionais entre a Prefeitura de Campina Grande e o Governo do Estado.

Em entrevista à imprensa, o gestor reafirmou a defesa por uma candidatura oposicionista nas eleições do próximo ano. Ele ressaltou que o diálogo administrativo deve ser encarado como algo ‘completamente diferente’ de uma aliança partidária.

“Quem primeiro dialogou administrativamente, institucionalmente com João fui eu, inclusive quebrando um jejum de 15 anos sem que o prefeito de Campina tivesse uma audiência com o governador. Diálogo é uma coisa, aliança política é outra completamente diferente”, ressaltou.

Segundo o prefeito, a gestão municipal ‘vai bater em todas as portas para ajudar Campina a desenvolver’, incluindo os governos Estadual e Federal, sem necessariamente firmar alianças para as eleições do ano que vem.

“Respeito institucionalmente o governador, respeito o Presidente da República, inclusive por ser cristão, então tenho que respeitar a todos. Mas no campo da política, defendo candidatura própria da oposição”, reafirmou.

A fala do prefeito ocorreu após a cerimônia de lançamento do Natal Iluminado 2021, nesta sexta (29), no Teatro Municipal Severino Cabral. O ex-prefeito Romero Rodrigues (PSD), que deve decidir nos próximos dias se retira seu nome da disputa pelo Governo do Estado em 2022, prestigiou o evento.

Ouça:

Agenda Política

Compartilhe

Você pode gostar...

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *